3º Moda falada com Cabeto

A palestra aconteceu ontem (15/05) no Centro Universitário Estácio do Ceará - Estácio/FIC, às 19:00 no auditório. Foi um evento aberto à todo o público, tava a fim de sair, aproveitei e chamei um amigo que estuda moda. Até hoje me pergunto "pra quê". Acho legal todo esse universo criativo da moda mas sinceramente não curti o que encontrei por lá: Um senhor super arrogante, que se acha o máximo, o dono do mundo. Cabeto usou expressões como "essas bichas". Disse que não é igual à "essas bichas" que demoram meses pra fazer uma coleção. Ele monta o seu patchwork em dez minutos. Contou também que foi à uma sapataria e só tinha sapatos de travesti. Que mulher não usa aquilo. Travesti usa porque é acostumado a fugir da polícia. Sinceramente... Isso é mesmo normal ou eu tô ficando louca? Achei um absurdo! Se eu tivesse alguma autoridade sob essa palestra teria tomado o microfone dessse senhor. Tudo bem que quem tem boca fala o que quer, mas ele perdeu a grande chance de ficar na dele. Pra quê falar assim dos homossexuais de forma tão agressiva? Doeu até em mim que tenho vários amigos gays e sou um ser humano. Ao falar mal de nossa geração, disse que seu filho publicou no facebook que foi ao show do Paul Mccartney e no entanto estava em casa. Ele disse ao filho que não sabia o porquê ir ao show do Paul se tinha uma estrela em casa: Ele. E acreditem: Falou tudo isso muito sério. Ao ser questionada a sua inspiração pra criar as peças ele respondeu que são as drogas. Dá pra acreditar? Belo conselho pra alunos que acabaram de sair de um ensino médio. Nunca vi uma pessoa com tamanha auto-estima... Se ele falava dez frases, quinze eram dizendo o quanto ele é o  melhor. E o pior: de uma forma arrogante, "desprezando" os demais. Isso é o perfil de um profissional tão renomado e, como ele mesmo repetiu milhões de vezes, autodidata? Que exemplo hein!? Se for assim prefiro continuar sendo uma leiga.

Achei que a fila ficaria interessante em uma foto e cliquei as meninas da moda que organizaram a palestra.

E, pra minha sorte e pra salvar a noite, apareceu o Eder Bicudo! Fotógrafo gente boa demais! Pense num cabra engraçado! Divo Dei até uma de paparazi. Ele só foi pra fotografar mesmo, coisa bem rápida e discreta. Se fosse uma palestra com ele teria sido incrível e eu ainda estaria com a barriga doendo de rir, com toda certeza.

Sem comentários:

Enviar um comentário

copyright © . all rights reserved. designed by Color and Code

grid layout coding by helpblogger.com