Eu só queria um pouco de paz

São dez anos, uma vida. Dez anos e.. Onde está o diagnóstico? Onde está a cura? Onde está aquela garotinha engraçada, inteligente que não tinha vergonha de nada? Ela tem que estar ali, sorrindo em algum lugar. Na verdade ela pode estar chorando de dor querendo se libertar da garota que tomou seu lugar, fria e triste. E que obrigou aquela criança a crescer e ter vergonha de si mesma. Mantendo-a excluída da vida; não consegue mais ter amigos, não consegue mais sair de casa porque se sente desconfortável, não consegue se sentir feliz, bonita, e muito menos fazer planos para um futuro bem próximo. Onde estão todos aqueles sonhos maravilhosos? Quem é essa que a priva do direito de viver? Quem é essa que faz sua família inteira sofrer com tudo isso? Esse monstro saiu de qual história de terror? Seja qual for, espero que volte. Isso não pode continuar, as coisas tem que voltar pro seu lugar e consequentemente trazer felicidade à todos. Depois de ter todos os seus sonhos apagados, ela conseguiu dar o último grito, dizendo que ainda tem fé. Uma pessoa não pode viver triste tendo pessoas maravilhosas ao seu lado e uma vida perfeita (na medida do possível). Ela tem todo o material mas não sabe usar, está perdida. É como se nada tivesse graça e a vida não tivesse sentido.  Mas a vida não pode ser passada em branco, ela tem consciencia disso e não consegue fazer nada.

xiss  Bom, não pude terminar o texto porque tive que entregar o modem. Sorte a de vocês! Porque isso era só o começo.

xiss  Recebi uma carta l-i-n-d-a da Thayse, super fofa! Mas não vou falar muito porque quero dizer tudo na carta que vou mandar pra ela, ein *—* Obrigada, querida. Ameei, fez meu dia mais feliz. Estou encantada!

 

image

1 comentário:

copyright © . all rights reserved. designed by Color and Code

grid layout coding by helpblogger.com